Protesto Contra Erros do Exame Nacional do Ensino Médio

Cerca de 300 estudantes em Curitiba e 200 em São Paulo saíram às ruas no feriado desta segunda-feira para protestar contra os erros do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em São Paulo, manifestantes usando nariz de palhaço, com apitos e cartazes em que exigiam mais investimentos no ensino público se reuniram no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Dali, caminharam no sentido centro até a altura da Rua da Consolação, de onde voltaram ao museu e encerraram o protesto.

Ao mobilizar os participantes pela internet, os autores da ideia deixaram claro que o movimento é apartidário e não se posiciona nem contra nem a favor do cancelamento do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) deste ano, mas sim pela melhoria da educação brasileira.

Em Curitiba, os estudantes pintaram os rostos de amarelo, portavam faixas e gritavam palavras de ordem criticando a política de educação do País e chegando a sugerir, em cartazes, a nomeação do deputado federal eleito por São Paulo Tiririca para o Ministério da Educação.

O Enem, aplicado em 6 de novembro, chegou a ser suspenso e o gabarito só foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na sexta-feira. O MEC informou nesta semana que os estudantes prejudicados devem fazer nova prova, possivelmente no dia 4 de dezembro.

Foi realizado neste domingo dia (04), o segundo e último dia de provas do Enem em 2018. Alguns alunos reclamaram das questões de português, que segundo eles, estavam com o enunciado muito extenso. Confira em instantes os gabaritos do segundo dia de provas nas cores: azul, amarela, cinza e rosa.

Imposto Automotivo também pode ser pago no cartão de crédito ou débito

Quem tem um veículo, sabe bem que todo começo de ano temos que pagar o chamado IPVA, muitas pessoas se utilizam do 13º salário para pagá-lo e assim, ficar livre de uma vez por todas desta despesa. Mas afinal, o que é IPVA? O IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto do país que coloca cada Estado para coletá-lo de acordo com seu percentual, que tem uma variação de 1% a 6% entre os Estados.

Este valor é calculado a partir do valor venal do veículo, onde todo cidadão que possuir o mesmo deve obrigatoriamente estar em dia com o seu pagamento, que é cobrado anualmente e 50% desse valor são voltados para a cidade na qual o veículo foi legalmente licenciado.

E não serve somente para os Carros e Motos, mais também para todo tipo de veículo automotor que esteja registrado nos Detrans de cada Estado, ou seja, embarcações e aeronaves também estão inclusas (os famosos triciclos também deverão pagar o seu).

Para que o proprietário do veículo possa efetuar o pagamento do IPVA, é necessário que ele se informe nas agências bancárias que sejam conveniadas ao seu Estado, e assim no ato do pagamento o proprietário deve ter em mãos o Certificado de Licenciamento do Veículo, Certificado de Registro e o documento que contenha o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) ou se caso preferir o pagamento também pode ser efetuado através de equipamentos de autoatendimento e Internet. Cada cidade tem sua porcentagem para trabalhar em cima, dentro dos parâmetros já citados acima.

Em alguns Estados, o proprietário também pode fazer esse pagamento por meio de lotéricas vinculadas à Caixa Econômica Federal, lembrando que no estado de São Paulo, o imposto poderá sofrer redução em seu valor, caso o proprietário do veículo utilize-se da Nota Fiscal Paulista. Para melhores informações, tais como Pagamento, Valores e Vencimento do IPVA, acesse o site do Detran de seu Estado, como para o Estado de São Paulo –www.fazenda.sp.gov.br/ipvanet – ou ligue para (11) 3243-3400.

Vale a pena ressaltar que os veículos que não tiverem o IPVA em dia, se parados por uma blitz policial ou tiver que tirara o licenciamento 2019 RJ, não conseguirão fazê-lo e o carro poderá ser apreendido no caso de confisco policial. Procure estar em dia com toda a documentação, até mesmo por questão de segurança pessoal.