Todo trabalhador tem direito ao PIS? Entenda!

O PIS é um dos muitos benefícios concedido pelo Governo Federal ao trabalhador brasileiro. Mas, mesmo tratando de um direito que é para todos os trabalhadores do setor privado, muitos deles não saem que tem direito a esse benefício. Saiba a baixo todas as informações sobre o PIS e quem tem direito de recebê-lo.

Quem tem direito ao PIS?

O Programa de Interação Social (PIS), é um benefício pago aos trabalhadores do setor privado com uma espécie de décimo quarto salário. Mas para poder receber esse benefício, o trabalhador tem que se enquadrar em inúmeros critérios impostos pelo Governo Federal.

Muitos trabalhadores se perguntam se tem direito ao PIS. Veja a baixo se você se encaixa nos critérios exigidos para receber:

  • O trabalhador precisa está cadastrado no PIS ao menos 5 anos. Mas não é necessário que tenha trabalhado durante toso esse anos;
  • Ter os dados informados pela empresa que trabalha no ministério do Trabalho – também conhecida como RAIS;
  • Ter contribuído, trabalhando pelo menos 30 dias com carteira assinada;
  • O salário do trabalhador não pode ultrapassar de 2 salários mínimos por mês. Caso ultrapasse essa média, não terá direito de receber o PIS.

Quem não pode receber o PIS

Muitos trabalhadores mesmo tendo a carteira assinada, não tem o direito de receber o PIS. São eles:

  • Trabalhadores que são Menores Aprendizes;
  • Trabalhadores Urbanos e Rurais que tem vinculo com o empregador pessoa física;
  • Empregados domésticos;
  • Trabalhadores que tem em média mais de 2 salários mínimos por mês.
  • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS.

Esses são alguns dos casos, ao qual o trabalhador que estiver enquadrado em algum deles, automaticamente não tem o direito de receber o PIS.

Qual o valor do PIS?

Com as mudanças que ocorreram em diversos benefícios dado pelo Governo Federal, o valor do PIS passou a ser de acordo com o tempo trabalhado.

Todas as datas de pagamento do PIS, podem ser consultadas no calendário do PIS 2018. É por meio deste calendário que o trabalhador tem todas as datas de recebimento do benefício, de acordo com o mês de nascimento.

Atualmente, o valor do PIS é de R$937,00, que é equivalente ao salário vigente deste ano. É necessário que você fique atento as mudanças do valor do salário mínimo, pois é de acordo com o valor que você receberá o mesmo no PIS.

Como receber o PIS

Para receber o benefício, é bastante simples. Você só precisa está enquadrado em todos os critérios estabelecidos pelo Governo Federal, e assim, ir receber na data certa do pagamento. Existem diversas maneiras de sacar o PIS.

Se caso você tenha o cartão cidadão junto com algum documento com foto, você pode ir sacar o benefício nos locais abaixo:

  • Casa Lotérica;
  • Caixa Aqui;
  • Caixa Eletrônico ou
  • Agência do banco Caixa com seu Cartão Cidadão em mãos.

Mas se por algum acaso, ainda não tenha o cartão cidadão, você poderá fazê-lo. Mas precisará dos seguintes documentos:

  • Identidade com foto;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de residência.

O cartão leva cerca de 30 dias para ficar pronto, sendo retirado em uma agência da CEF na qual você encaminhou o documento.

Se mantenha informado de todos os seus direitos como trabalhador. Em caso de alguma mudança se tratando do PIS, atualizaremos este post!

Com Programas Sociais o Desenvolvimento Social do País Vem Crescendo

O Bolsa Família, junto com outros programas sociais, vem mantendo um papel fundamental no desenvolvimento social do país, assim como todos os anos, o beneficiado precisa ficar atento quanto ao calendário Bolsa Família 2019, pois através dele é possível saber a data de pagamento do benefício.

O Bolsa Família é uma iniciativa do Governo Federal, e funciona como uma ajuda no orçamento de famílias que vivem na pobreza ou extrema pobreza, o valor Bolsa Família pode chegar até R$ 340,00 mensais. O órgão controlador é o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome), responsável por organizar e estabelecer as datas para pagamento do benefício, o que dá origem ao calendário Bolsa Família 2019.

Calendário Bolsa Família 2019

No início de todo ano é divulgado o calendário Bolsa Família, que passa por alterações para evitar que as data de pagamento do benefício caia em feriados, fins de semana ou se acumulem, afim de se evitar superlotação nas agências da Caixa Econômica Federal, que é a responsável pelo pagamento do benefício.

A data de pagamento do benefício é definida de acordo com o último dígito do cartão Bolsa Família, como visto na imagem acima. O calendário Bolsa Família 2019 é criado pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) e contêm as datas de pagamento de todo ano. Além da divulgação em nosso site, o calendário Bolsa Família também é divulgado nas agências da Caixa Econômica Federal, lotéricas e postos de atendimento de Caixa.

O número impresso no cartão, corresponde ao número da inscrição social do indivíduo no CADÚnico (cadastro único para programas sociais do Governo Federal), por isso, como dito anteriormente, a data é definida pelo último dígito do cartão Bolsa Família.

Como é Feito o Pagamento Bolsa Família 2019

Após o dia 10 de cada mês começam os primeiros pagamentos do benefício, já os últimos pagamentos caem geralmente no último dia do mês, exceto em dezembro, que todos os pagamentos são realizados antes do natal. Por isso, fique atento ao calendário Bolsa Família 2019 que corresponde ao último dígito do seu cartão, além disso, antes de ir ao banco receber seu benefício, é possível consultar o saldo Bolsa Família pela internet e ter a certeza que o mesmo já está disponível para saque.