Como consultar o seu saldo de programas sociais

O programa do Bolsa Família já beneficiou milhares de famílias brasileiras, todos os meses diversas famílias possuem dificuldades para saber o saldo bolsa família, por isso, resolvemos explicar passo a passo como consultar saldo bolsa família.

Antes de tudo, as famílias beneficiadas precisam manter todos os cadastros atualizados, inclusive o Cadastro Único (CADÚnico). A data de pagamento do benefício segue as regras do calendário Bolsa Família, que é controlado pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) e divulgado nas agências da Caixa. Além disso, o valor do Bolsa Família varia de acordo com o tipo de benefício no qual a família foi cadastrada.

Consultar Saldo Bolsa Família Online

Através do Sibec (sistema de benefícios ao cidadão) é possível consultar saldo Bolsa Família online, basta acessar o site https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/consulta/beneficio/04.01.00-00_00.asp, clicar na opção “Consulta Benefícios por Família” e insira o número do NIS e o nome do responsável legal do benefício.

Vale ressaltar que a consulta pode ser realizada por UF, município e também por família, sendo essa a mais recomendada.

Consultar Saldo Bolsa Família Cartão Cidadão

Além da consulta pela internet, é possível consultar o saldo do Bolsa Família através do cartão cidadão, basta se dirigir a uma lotérica ou caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal.  Além disso, com o cartão cidadão é possível consultar outros diversos tipos de benefícios, como seguro desemprego, FGTS, PIS, Bolsa Família e muitos outros.

Consultar Saldo Bolsa Família Cartão Bolsa Família

As famílias que já recebem o benefício utilizando o cartão Bolsa Família, também podem consultar o saldo utilizando o mesmo cartão, basta ir até um caixa eletrônico da Caixa Econômica ou a uma lotérica e tirar o saldo do Bolsa Família.

Consultar Saldo Bolsa Família Conta Corrente

Diversas famílias optam por receber o benefício do Bolsa Família diretamente na conta corrente da Caixa, o que pode ser muito prático. Nesses casos, o saldo do Bolsa Família pode ser visualizado no próprio extrato bancário da conta. Se você ainda possui alguma dúvida, você pode se dirigir a uma agência da Caixa ou ligar gratuitamente para os telefones 0800 707 2003 (MDS) ou 0800 726 0101 (Caixa Econômica Federal).

Imposto Automotivo também pode ser pago no cartão de crédito ou débito

Quem tem um veículo, sabe bem que todo começo de ano temos que pagar o chamado IPVA, muitas pessoas se utilizam do 13º salário para pagá-lo e assim, ficar livre de uma vez por todas desta despesa. Mas afinal, o que é IPVA? O IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) é um imposto do país que coloca cada Estado para coletá-lo de acordo com seu percentual, que tem uma variação de 1% a 6% entre os Estados.

Este valor é calculado a partir do valor venal do veículo, onde todo cidadão que possuir o mesmo deve obrigatoriamente estar em dia com o seu pagamento, que é cobrado anualmente e 50% desse valor são voltados para a cidade na qual o veículo foi legalmente licenciado.

E não serve somente para os Carros e Motos, mais também para todo tipo de veículo automotor que esteja registrado nos Detrans de cada Estado, ou seja, embarcações e aeronaves também estão inclusas (os famosos triciclos também deverão pagar o seu).

Para que o proprietário do veículo possa efetuar o pagamento do IPVA, é necessário que ele se informe nas agências bancárias que sejam conveniadas ao seu Estado, e assim no ato do pagamento o proprietário deve ter em mãos o Certificado de Licenciamento do Veículo, Certificado de Registro e o documento que contenha o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) ou se caso preferir o pagamento também pode ser efetuado através de equipamentos de autoatendimento e Internet. Cada cidade tem sua porcentagem para trabalhar em cima, dentro dos parâmetros já citados acima.

Em alguns Estados, o proprietário também pode fazer esse pagamento por meio de lotéricas vinculadas à Caixa Econômica Federal, lembrando que no estado de São Paulo, o imposto poderá sofrer redução em seu valor, caso o proprietário do veículo utilize-se da Nota Fiscal Paulista. Para melhores informações, tais como Pagamento, Valores e Vencimento do IPVA, acesse o site do Detran de seu Estado, como para o Estado de São Paulo –www.fazenda.sp.gov.br/ipvanet – ou ligue para (11) 3243-3400.

Vale a pena ressaltar que os veículos que não tiverem o IPVA em dia, se parados por uma blitz policial ou tiver que tirara o licenciamento 2019 RJ, não conseguirão fazê-lo e o carro poderá ser apreendido no caso de confisco policial. Procure estar em dia com toda a documentação, até mesmo por questão de segurança pessoal.

Como alterar os dados de inscrição em um vestibular

Veja neste artigo, o passo a passo para realizar modificações cadastrais no Enem 2019:

Para garantir o acesso ao sistema de acompanhamento de inscrição, acompanhar o desempenho, ver as notas e verificar o boletim individual, é fundamental que os dados do candidato estejam atualizados. Esses dados podem ser alterados a qualquer momento, basta acessar o sistema de inscrição. O primeiro passo para fazer qualquer alteração é acessar o sistema de inscrições do Enem, no portal oficial do Exame, onde é possível perceber que as telas são bem simples e contém instruções para que o candidato consiga fazer qualquer alteração de maneira fácil.

Veja quais são os dados que podem ser alterados

  • Data de nascimento;
  • Dados pessoais;
  • Endereço;
  • Telefone;
  • E-mail;
  • Local de realização da prova;
  • Opção de prova de língua estrangeira;
  • Portador de deficiência;
  • Necessidade de atendimento específico;

 

Minas Gerais divulga valor dos impostos DETRAN para o próximo ano

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA é o tributo devido pelos proprietários de automóveis de passeio ou utilitários, caminhonetes de carga, motocicletas, ônibus, caminhões, aeronaves e embarcações, salvo em situações de isenção ou imunidade.

No Estado de Minas Gerais o valor a ser pago é calculado com base no valor venal do veículo, sobre o qual se aplica uma alíquota que varia de 1 a 4 %, conforme abaixo:

  • 4% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários;
  • 3% para caminhonetes de carga (picapes) e furgões;
  • 2% para automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público, além de motocicletas e similares;
  • 1% para veículos de locadoras (pessoa jurídica) e ônibus, micro-ônibus, caminhões, caminhões-tratores.

Como funcionam os vencimentos

Todos os anos o DETRAN MG – Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais define e divulga a tabela de vencimentos do imposto.

A primeira parcela tem vencimento ainda em janeiro, quando também é possível quitar o imposto de forma integral e receber 3% de desconto. Em fevereiro vence a segunda parcela e em março a terceira e última parcela do IPVA Minas Gerais 2019.

Os dias exatos de vencimento dentro do mês variam de acordo com o número final da placa do veículo.

Onde o cidadão pode consultar o tributo

Para efetuar o pagamento do IPVA Minas Gerais, basta procurar uma agência dos Bancos Credenciados e informar o número do RENAVAM contido no respectivo CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. As agências citadas acima estão aptas inclusive a receber parcelas atrasadas e a calcular os acréscimos legais devidos após o vencimento.

Além do atendimento no guichê o pagamento pode ser feito nos terminais de autoatendimento e até mesmo pela internet no site destas instituições financeiras.

Caso o contribuinte necessite efetuar o pagamento utilizando uma guia de arrecadação pode obtê-la na unidade de atendimento da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais ou ainda emiti-la diretamente no site oficial.

O pagamento do IPVA fora do prazo estabelecido sujeita o contribuinte à incidência de multa de 0,3% por dia de atraso, quando o pagamento ocorrer até o trigésimo dia ou de 20% a partir do trigésimo primeiro dia, mais juros.

Governo do Distrito Federal Abre Vagas para Cursos Técnicos Gratuitos

O governo do Distrito Federal abriu as inscrições Pronatec DF, as quais acontecem por meio do site www.ieducar.se.df.gov.br/pronatec que oferece cursos técnicos gratuitos no Senai, Senac e IFB para formar profissionais técnicos para as áreas da indústria, comércio e serviços.

O Programa Pronatec veio para revolucionar a educação profissional no país, sobretudo no Distrito Federal e Brasília onde estão sendo oferecidos cursos técnicos de grande procura pelo mercado, em áreas que estão em alta e com grande demanda de profissionais qualificados.

Oportunidades para curso técnico gratuito em: Agronegócios, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Segurança do Trabalho e muito mais carreiras promissoras podem ser percorridas por meio de um curso técnico do Senai DF, Senac DF ou Escola Técnica Federal de Brasília o IFB.

Para esta etapa de cursos que estão sendo oferecidos as inscrições encerram-se em 27 de setembro, porém outros processos seletivos acontecerão em 2018 até 2019, pois é até quando estará em vigência do Programa Federal Pronatec.

Para você efetuar a sua inscrição e ver todos os cursos gratuitos oferecidos por meio do portal Ieducar SE DF GOV BR da Secretaria de Educação do DF acesse: http://www.ieducar.se.df.gov.br/pronatec/

Detentos de Goiás buscam certificado

Após concluir os estudos em uma das formas apresentadas no tópico acima, é preciso fazer uma prova, como se fosse um vestibular, para comprovar que você está apto a receber o diploma de conclusão do Ensino Fundamental ou Médio.

Para receber o certificado do Ensino Fundamental EJA, é preciso realizar a prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos). Neste exame, os candidatos deverão fazer uma prova com as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Língua Estrangeira Moderna;
  • Artes;
  • Educação Física;
  • Redação;
  • Matemática;
  • História;
  • Geografia e
  • Ciências Naturais.

Caso já tenha concluído o Ensino Fundamental na modalidade EJA, e deseja fazer a inscrição Encceja, clique aqui para se inscrever. As inscrições sempre abrem no início do ano, entre fevereiro e março. E para os que já concluíram o Ensino Fundamental e fizeram o Ensino Médio na modalidade EJA, também devem realizar uma prova.

Para obter o certificado do Ensino Médio EJA, é preciso se inscrever no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), e na hora do cadastro online para participar do Enem, você deve informar que fará a prova para obter o certificado de conclusão.

As inscrições abrem sempre entre entre abril e maio, e você deve ficar atento para não perder o prazo.  Siga todas nossas dicas e comece a estudar no EJA Supletivo 2019!

Direitos Garantidos: Todo trabalhador tem direito ao PIS? Entenda!

O PIS é um dos muitos benefícios concedido pelo Governo Federal ao trabalhador brasileiro. Mas, mesmo tratando de um direito que é para todos os trabalhadores do setor privado, muitos deles não saem que tem direito a esse benefício. Saiba a baixo todas as informações sobre o PIS e quem tem direito de recebê-lo.

Quais trabalhadores recebem o benefício?

O Programa de Interação Social (PIS), é um benefício pago aos trabalhadores do setor privado com uma espécie de décimo quarto salário. Mas para poder receber esse benefício, o trabalhador tem que se enquadrar em inúmeros critérios impostos pelo Governo Federal.

Muitos trabalhadores se perguntam se tem direito ao PIS. Veja a baixo se você se encaixa nos critérios exigidos para receber:

  • O trabalhador precisa está cadastrado no PIS ao menos 5 anos. Mas não é necessário que tenha trabalhado durante toso esse anos;
  • Ter os dados informados pela empresa que trabalha no ministério do Trabalho – também conhecida como RAIS;
  • Ter contribuído, trabalhando pelo menos 30 dias com carteira assinada;
  • O salário do trabalhador não pode ultrapassar de 2 salários mínimos por mês. Caso ultrapasse essa média, não terá direito de receber o PIS.

Quem não receberá o benefício

Muitos trabalhadores mesmo tendo a carteira assinada, não tem o direito de receber o PIS. São eles:

  • Trabalhadores que são Menores Aprendizes;
  • Trabalhadores Urbanos e Rurais que tem vinculo com o empregador pessoa física;
  • Empregados domésticos;
  • Trabalhadores que tem em média mais de 2 salários mínimos por mês.
  • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo que a empresa tenha optado pelo recolhimento do FGTS.

Esses são alguns dos casos, ao qual o trabalhador que estiver enquadrado em algum deles, automaticamente não tem o direito de receber o PIS.

Detalhes sobre o pagamento do benefício

Com as mudanças que ocorreram em diversos benefícios dado pelo Governo Federal, o valor do PIS passou a ser de acordo com o tempo trabalhado.

Todas as datas de pagamento do PIS, podem ser consultadas no calendário do PIS 2018. É por meio deste calendário que o trabalhador tem todas as datas de recebimento do benefício, de acordo com o mês de nascimento.

Atualmente, o valor do PIS é de R$937,00, que é equivalente ao salário vigente deste ano. É necessário que você fique atento as mudanças do valor do salário mínimo, pois é de acordo com o valor que você receberá o mesmo no PIS.

Para receber o benefício, é bastante simples. Você só precisa está enquadrado em todos os critérios estabelecidos pelo Governo Federal, e assim, ir receber na data certa do pagamento. Existem diversas maneiras de sacar o PIS.

Se caso você tenha o cartão cidadão junto com algum documento com foto, você pode ir sacar o benefício nos locais abaixo:

  • Casa Lotérica;
  • Caixa Aqui;
  • Caixa Eletrônico ou
  • Agência do banco Caixa com seu Cartão Cidadão em mãos.

Mas se por algum acaso, ainda não tenha o cartão cidadão, você poderá fazê-lo. Mas precisará dos seguintes documentos:

  • Identidade com foto;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de residência.

O cartão leva cerca de 30 dias para ficar pronto, sendo retirado em uma agência da CEF na qual você encaminhou o documento.

Se mantenha informado de todos os seus direitos como trabalhador. Em caso de alguma mudança se tratando do PIS, atualizaremos este post!

Com Programas Sociais o Desenvolvimento Social do País Vem Crescendo

O Bolsa Família, junto com outros programas sociais, vem mantendo um papel fundamental no desenvolvimento social do país, assim como todos os anos, o beneficiado precisa ficar atento quanto ao calendário Bolsa Família 2019, pois através dele é possível saber a data de pagamento do benefício.

O Bolsa Família é uma iniciativa do Governo Federal, e funciona como uma ajuda no orçamento de famílias que vivem na pobreza ou extrema pobreza, o valor Bolsa Família pode chegar até R$ 340,00 mensais. O órgão controlador é o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome), responsável por organizar e estabelecer as datas para pagamento do benefício, o que dá origem ao calendário Bolsa Família 2019.

Um dos principais aliados contra a pobreza é o Bolsa Família

No início de todo ano é divulgado o calendário do programa, que passa por alterações para evitar que as data de pagamento do benefício caia em feriados, fins de semana ou se acumulem, afim de se evitar superlotação nas agências da Caixa Econômica Federal, que é a responsável pelo pagamento do benefício.

A data de pagamento do benefício é definida de acordo com o último dígito do cartão Bolsa Família, como visto na imagem acima. O calendário Bolsa Família 2019 é criado pelo MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome) e contêm as datas de pagamento de todo ano. Além da divulgação em nosso site, o calendário Bolsa Família também é divulgado nas agências da Caixa Econômica Federal, lotéricas e postos de atendimento de Caixa.

O número impresso no cartão, corresponde ao número da inscrição social do indivíduo no CADÚnico (cadastro único para programas sociais do Governo Federal), por isso, como dito anteriormente, a data é definida pelo último dígito do cartão Bolsa Família.

Como os beneficiários podem receber o benefício

Após o dia 10 de cada mês começam os primeiros pagamentos do benefício, já os últimos pagamentos caem geralmente no último dia do mês, exceto em dezembro, que todos os pagamentos são realizados antes do natal. Por isso, fique atento ao calendário do programa, que corresponde ao último dígito do seu cartão, além disso, antes de ir ao banco receber seu benefício, é possível consultar o saldo Bolsa Família pela internet e ter a certeza que o mesmo já está disponível para saque.

Semana Bossa Nova: João Donato

JOÃO DONATO inaugura o seu projeto “Sotaques” no Espaço do Brasil, em Lisboa, no evento “Ano Brasil Portugal”. O pianista, compositor e arranjador de 78 anos, considerado um dos arquitetos da batida da Bossa Nova, estará acompanhado pela sua banda formada por três dos maiores instrumentistas brasileiros: Robertinho Silva, na bateria; Luiz Alves, no contrabaixo; e Ricardo Pontes no sax e na flauta.

O sotaque do seu piano e de seus arranjos está presente em boa parte da melhor produção musical brasileira nos últimos 50 anos: não só desde os “primórdios” da Bossa Nova, mas passando pela Tropicália, pelo Pop, Samba, MPB e muito, muito mais. Idolatrado por músicos e intérpretes dos mais variados estilos e gerações, a começar por Tom Jobim – que se dizia seu discípulo, João Donato é considerado inesgotável! Agora, no Carnaval de 2013, apresentou-se de forma empolgante para um público estimado em, no mínimo, 15 mil pessoas nos Arcos da Lapa, a convite do tradicional Cordão do Boitatá; da mesma forma que, em 2011, no Rock in Rio, teve o show com a cantora Céu classificado como um dos melhores do Palco Sunset daquela edição! Seja pelo Brasil, seja no exterior, para grandes plateias ou em pequenos teatros, Donato, ao piano, sempre surpreende!

E nessa plenitude que ele retorna a Portugal, com esse espetáculo “Sotaques” que fará parte de uma série de comemorações focadas na celebração dos seus 80 anos, em 2014. Curiosamente, em 2009, foi lá que Donato iniciou maravilhosamente a turnê dos seus 75 anos com um grandioso show no Porto. Então, é só “alegria, alegria”!

É o nosso João Donato diverso com sua obra transversal no tempo e em estilos! Este grande talento se apresenta sábado, às 22H30, no Espaço Brasil. Imperdível!

Semana Bossa Nova: Bena Lobo

O último dia da Semana Bossa Nova será neste domingo, às 18H, com o incrível show de Bena Lobo.

Bena Lobo é um compositor em sintonia com o seu tempo. Produz uma música pop, contemporânea, a partir dos elementos brasileiros que formaram a sua cabeça.

É uma mistura empolgante e sofisticada de samba, baião, afoxé e xote que caracterizam o seu trabalho.

Bena ao longo de 20 anos de carreira já participou de projetos importantes como:Novas Noites cariocas, Humaitá pra Peixe, Vivo Open Air, Free Jazz ,Novo Canto, Prata da casa,entre outros.

Dividiu o palco com: Chico Buarque, Milton Nascimento, Edu Lobo, Cassia Eller,Seu Jorge, Paulinho Moska,Pedro Luís, Roberto Menescal,Wanda Sá, João Donato, entre outros nomes da Música Popular Brasileira.

Bena finalizou o seu quarto disco de carreira Valentia de canções inéditas, em parceria com o letrista e poeta Paulo César Pinheiro e com parceiros de sua geração como Edu Krieger,Rômulo Pacheco,Úrsula Corona e Gabriel Moura.

O disco tem previsão de lançamento para dezembro pela gravadora Biscoito Fino.

O show de Bena Lobo será no Espaço Brasil, às 18h deste domingo. É imperdível!